Segurança
Soldado morto a tiros e pedradas é enterrado no Norte
Muito emocionados, familiares, amigos e colegas de trabalho estiveram presentes no velório e no cortejo do soldado da Polícia Militar Ítalo Bruno Pereira Rocha, de 25 anos, realizados na manhã desta terça-feira (1), em Guriri, balneário localizado no município de São Mateus, na região Norte do Espírito Santo. O enterro aconteceu pouco antes das 11h, na mesma cidade.

O soldado foi executado a tiros e pedradas na noite de domingo 30, no bairro Jardim Carapina, na Serra, na Grande Vitória. Outro PM estava com Ítalo e foi baleado no braço. Os dois não estavam no local a trabalho, segundo a polícia, que acredita que os militares tenham sido reconhecidos por criminosos em um baile funk. Câmeras de videomonitoramento instaladas no bairro registraram o momento do crime. Sete suspeitos de terem participado do crime foram detidos nesta segunda-feira 31.

O jovem nasceu e foi criado em Pedro Canário, no extremo Norte do estado. Antes de ingressar na Polícia Militar, há cerca de cinco anos, mudou-se com a mãe e os irmãos para São Mateus. Na cidade, chegou a fazer o treinamento para entrar para a corporação.

Depois, o rapaz foi para o município da Serra, na Grande Vitória, onde trabalhava no Grupo de Apoio Operacional (GAO) do 6º Batalhão.
Fonte: Sol Quadrado